Um mês inteirinho dedicado às vocações

“Cristo nos salva e nos envia”

O mês de agosto é o mês vocacional e a Igreja do Brasil celebra destacando uma vocação a cada domingo, sendo: Sacerdócio e os Ministérios Ordenados; Matrimônio junto à Semana da Família; Vida Religiosa, e por fim, vocação dos Leigos. No último domingo é comemorado o Dia Nacional do Catequista.

Mas, o que é vocação? Segundo o SAV (Serviço de Animação Vocacional), é o chamado de Deus a toda pessoa humana, um chamado individual em vista de uma missão em favor da comunidade e das pessoas. É dom, é graça, é eleição para tornar mais visível o Reino de Deus.

Este ano, para bem celebrar o Mês Vocacional, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), traz como tema: “Cristo nos salva e nos envia” e o lema proposto: “Quem escuta a minha palavra possui a vida eterna”.

O Objetivo principal é o de conscientizar todos aqueles que têm o sacramento do batismo da responsabilidade que compartilham no processo vocacional.

Período voltado para a reflexão e a oração pelas vocações e os ministérios.

No primeiro domingo, destaca-se a beleza e a importância da vocação sacerdotal. “O padre é um escolhido de Jesus e levam os fiéis para perto do Cristo, cumprem com amor e doação seu chamado. São as mãos, os pés, os olhos, a mente e o coração de Cristo”, é sinal de unidade e contribui para a edificação e crescimento da comunidade de forma que ela se torne cada vez mais atuante e verdadeira na vivência do Evangelho.

Já no segundo domingo, comemora-se a Vocação Matrimonial: É o sacramento do amor entre um homem e uma mulher e deve ser marcada pelo amor verdadeiro, como entrega livre e saudável de um para o outro. A família é chamada por Deus a ser testemunha do amor e da fraternidade.

Comemora-se ainda, o Dia dos Pais, primeiros educadores e principais catequistas, que lançam os valores da vida e do Evangelho no coração dos filhos e, consequentemente no mundo.

Terceiro domingo, a Igreja reza e celebra a Vocação Religiosa. É um chamado onde homens e mulheres consagram suas vidas a Deus e ao próximo. Eles deixam tudo e colocam-se inteiramente a serviço dos irmãos mais necessitados, enriquecem as comunidades com seus carismas e atuações e buscam viver verdadeiramente seus votos de castidade, obediência e pobreza. São testemunhos vivos do Evangelho.

A Vocação Leiga é celebrada no quarto domingo do mês e pode-se ressaltar a sua importância e dedicação aos trabalhos pastorais e missionários na comunidade, e suas diversas formas de trabalhar para o Reino de Deus. “O Espírito Santo distribui entre os leigos, dons e carismas para servirem mais diretamente a comunidade eclesial, através dos ministérios, como: SAV (Serviço de Animação Vocacional), Catequese, Liturgia, Ministério da Eucaristia, da Palavra, Canto, Comunicação, entre outros”.

Sempre o último domingo do mês, a vocação celebrada é a do Catequista. Eles que tem uma linda missão de preparar crianças, jovens e adultos para darem testemunho de Cristo e do Evangelho no mundo. São pessoas encantadas por Cristo de tal modo que se torna sua testemunha, sendo o sal da terra e a luz do mundo.

A todos, o nosso muito obrigado por se permitir ser instrumento dedicado ao serviço do Reino de Deus.

                                                                           Maria Ribeiro, equipe PASCOM Santuário Santa Edwiges

Leave a Reply

Your email address will not be published.