Santuário Santa Edwiges

Estrada das Lágrimas, 910 - Sacamã - São Paulo, SP

(11) 2274 2853

Notícias › 27/05/2019

Conselho Episcopal Pastoral da CNBB se reúne nesta semana, em Brasília

Na terça-feira, 28, tem início a primeira reunião do Conselho Episcopal Pastoral (Consep) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Este será o primeiro encontro do colegiado com a nova formação, uma vez que a Presidência e os presidentes das Comissões Episcopais Pastorais foram eleitos durante a 57ª Assembleia Geral da entidade, no início deste mês. A reunião do Consep segue até dia 29.

Na pauta do encontro dos bispos, a análise de conjuntura, deliberações sobre o calendário de reuniões deste ano e discussões sobre as próximas Campanhas da Fraternidade, o Plano Quadrienal e as Comissões Episcopais Pastorais. Os bispos também irão aprovar as últimas atas da Assembleia Geral.

Campanha da Fraternidade

Sobre a Campanha da Fraternidade 2020, será dada continuidade ao processo de preparação, após a primeira apresentação do texto na última reunião. No próximo ano, o tema da CF será “Fraternidade e vida: dom e compromisso” e o lema: “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele (Lc 10, 33-34). Os bispos também devem encaminhar uma definição sobre o secretário executivo de Campanhas da CNBB.

A Campanha da Fraternidade de 2021 será ecumênica e os bispos devem fazer o primeiro levantamento de possíveis temas e a escolha da pessoa que, junto com o secretário executivo de Campanhas, estará em diálogo com o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic), que promove a campanha ecumênica junto com a CNBB.

Plano Quadrienal

No início do quadriênio, começa um novo planejamento a partir das novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE). As indicações, sobre as quais serão recordados os principais pontos, embasarão o processo de construção do Plano Pastoral do Secretariado Geral da CNBB.

Sobre as Comissões Episcopais Pastorais, haverá a retomada a discussão sobre suas respectivas atribuições e a proposição do número de bispos e assessores para aprovação do Conselho Permanente.

Via CNBB

X