Confiança em Deus!

Caros leitores!
Este mês vou falar um pouco do tema da novena de Santa Edwiges, Confiança em Deus. Este é o sexto mês ou o sexto dia, para quem a faz de forma continuada.
Por que falar sobre isto, podem me perguntar? O motivo é simples e profundo. Neste mês celebramos grandes e populares santos de nossa Igreja, e se olharmos para a identidade de cada um deles, o elemento que chamará atenção será o que a nossa Padroeira, Sta Edwiges, nos traz como reflexão nesta novena.
Celebramos no Brasil as festas de Santo Antonio, São João Batista, São Pedro e São Paulo, Sagrado Coração de Jesus e Imaculado Coração de Maria. Mas não é somente festa, as origens são mais profundas, é a celebração da vida em comunidade; a felicidade, o encontro e o envolvimento a partir de seus padroeiros, que motivam esta devoção, a qual, as pessoas confiam, e assim, a tradição é cultivada ao longo dos anos.
Confiança é o sentimento de quem confia em algo ou alguém, é uma segurança íntima. Uma pessoa confiante, que crê, tem esperança e segurança do que busca. Pois a confiança traz consigo os elementos da fidelidade, justiça, reciprocidade e verdade. Os Santos e a nossa Padroeira depositaram sua confiança em Deus, em Jesus Cristo e em sua palavra, e estabeleceram uma vida de doação sem limites.
O Papa Bento XVI ao propor o ano da Fé, que acontecerá em outubro deste ano, a partir das diretrizes do livro do Catecismo da Igreja Católica, quer nos alinhar neste elemento de vida, o elemento da confiança, que vai firmar na sociedade humana mudanças que brotam da confiança em Deus. E confiando Nele, nós humanos, cresceremos e iremos nos conhecer mais amplamente, sarando as nossas feridas e gerando motivos para acreditar, confiar, esperar sempre mais e melhores respostas de cada homem e mulher da Terra. Teremos respostas mais efetivas para as relações e para a mudança que levará um acalento ao próximo, imagem e semelhança de Deus.
Que o exemplo de Santa Edwiges, de ternura e perseverança, de esperança e paciência, nos coloque na celebração desta virtude, confiar, e confiar muito profundamente em Deus.
A você que virá ao Santuário ou passará por ele, que os Santos intercedam por você. E se não vier, ao ler este artigo, peça a Deus que Ele te dê Fé e a atitude da confiança.

 

Pe Paulo Siebeneichler – OSJ

Pároco / Reitor da Paróquia Santuário Santa Edwiges

Leave a Reply

Your email address will not be published.