Liturgia diária
Evangelho: Confira as leituras da Liturgia da Palavra e a reflexão do dia
Santo: Conheça a história de fé do Santo celebrado pela Igreja

Para refletir: “São felizes as vidas que se consumirem no serviço da Igreja” Santa Tereza D´Avila
Jornal
Galeria de Fotos
  • A photo on Flickr
  • A photo on Flickr
  • A photo on Flickr
  • A photo on Flickr
  • A photo on Flickr
  • A photo on Flickr
Notícias › 08/02/2019

Vaticano apresenta Dia de Oração e Reflexão contra o Tráfico de Pessoas

O Vaticano apresentou o Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico de Pessoas, organizado pela União Internacional de Superiores e Superioras Gerais, que acontecerá amanhã, 8 de fevereiro, memória litúrgica de Santa Josefina Bakhita , com o tema “Juntos contra o tráfico de pessoas”.

O evento contará com a participação de sobreviventes do tráfico e com a intervenção de Pe. Michael Czerny, Subsecretário da Seção de Migrantes e Refugiados do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral; Pe. Frederic Fornos, Diretor Internacional da Rede Mundial de Oração do Papa; e Irmã Gabriella Bottani, Coordenadora Internacional de Talitha Kum.

Em sua intervenção, Pe. Michael Czerny assinalou que este Dia vai ajudar a compreender a razão para a persistência do tráfico de pessoas, como funciona esse “negócio horrível e malvado”, e responder “o que nós podemos fazer para aliviar e eliminar o tráfico de pessoas”.

Pe. Frederic Fornos, por sua vez, afirmou que “o Papa Francisco está fortemente comprometido com a luta contra este flagelo em suas diversas expressões. Recentemente, em seu Ângelus de 20 de janeiro, rezou pelas vítimas de traficantes de seres humanos e também pelos responsáveis”.

“É um drama que está em seu coração e oração há muito tempo”, assegurou. “Para Francisco não são cifras, são nomes, rostos, histórias concretas, são nossos irmãos e irmãs na humanidade. Não podemos calar se não queremos vender nossa alma ao diabo”.

Por último, Irmã Gabriella Bottani salientou que a rede internacional de religiosas criada em 2009 pela União Internacional de Superiores Gerais, conhecida como Talitha Kum, realiza um trabalho insubstituível mediante “atividades de prevenção, sensibilização, proteção, associação e oração em 77 países nos 5 continentes: 13 na África, 13 na Ásia, 17 na América, 31 na Europa e 2 na Oceania”.

“Os 10 anos de Talitha Kum é um tempo de graça para a vida consagrada comprometida contra o tráfico e ocasião para dar graças a Deus pelo caminho realizado, para verificar o nosso compromisso e ações comuns e para olhar com coragem e confiança o nosso presente e futuro, para compreender a complexidade do fenômeno neste momento difícil, onde tudo se move e os direitos humanos estão cada vez menos protegidos”, destacou.

Finalmente, explicou que “reconhecer o caminho realizado, verificar o nosso compromisso e planejar o futuro são passos que Talitha Kum dará durante a primeira Assembleia Geral da Rede de 22 a 28 de setembro, onde se reunirão mais de 90 religiosas comprometidas no mundo contra o tráfico de seres humanos”.

Via ACI Digital

Compartilhe e evangelize: