Respeito, dedicação e penitências da Santa Duquesa

O autor da chamada “Legenda Maior”, uma espécie de biografia de nossa Santa, enumera neste texto as pessoas cujo desejo era considerado uma ordem por ela. Eram o Bispo da cidade onde ela residia, os confessores e o representante do Papa que era chamado “legado apostólico”. Este foi, durante muito tempo, o Bispo Nicolau de Módena, que deu à Edwiges a ordem de incluir carne em sua alimentação para se fortalecer pois ela estava muito doente. Edwiges obedeceu esta ordem; todavia afirmou que estava mais pesarosa por receber esta ordem do que com a perspectiva da doença.

Ela se mortificava muito. O que levava Edwiges a tanta mortificação? Seguramente era o amor a Deus e ao próximo, inclusive aos seus familiares. E apesar de uma vida de penitência e mortificações que até assustavam ela parecia sempre serena, pronta inclusive a mais sacrifícios. Aliás encontrava com freqüência um motivo ou pretexto para isto. Assim, ela se alimentava pobremente para estar mais próxima dos pobres que atendia. Chegou a dar emprego para duas pobres mulheres que deviam preparar as refeições como seriam para os pobres mas eram para a Duquesa Edwiges.

Santa Edwiges, mesmo sendo nobre e portando também gestos e modos igualmente nobres, fazia o maior esforço possível para evitar todo luxo e lutava continuamente contra o sentimento de soberba e mesmo arrogância, algo muito comum em pessoas com sua posição e história pessoal. Seguia até o costume das “disciplinas” que são penitências pessoais como jejuns longos, uso do cilício e privação do sono, bem como o que é mais comum e fácil: andar descalço. Mas, recordemos que a região de Edwiges é fria e às vezes úmida.

Uma outra característica de nossa querida Santa era seu respeito absoluto por todos os Padres e pelo Clero em geral. Quando chegavam os momentos de refeição ela não tomava seu lugar à mesa sem antes chegar o Padre que havia celebrado a Missa. Somente depois que ele se havia sentado é que ela se sentava também. E Edwiges tinha também uma notável consideração pelo Bispo de Wroclaw e o acolhia com um respeito absoluto e grande gentileza.

Por isso os litígios e desentendimentos entre o clero e o marido ou o filho de Edwiges eram uma fonte de sofrimento sem conta para a Duquesa, muito mais dolorosos, certamente, que a sua penitência voluntária e por amor.

Compartilhe e evangelize:

QR Code Business Card
Blowjob