Edwiges: fundadora e promotora

Ao lado do convento de Trzebnica, mandado construir por Edwiges, foi também construída uma grande Igreja. Esta Igreja foi dedicada à Virgem Maria e a São Bartolomeu, padroeiro e protetor do casal Edwiges e Henrique. Em 1214 a cripta da Igreja (parte inferior) foi consagrada e, em 25 de Agosto de 1219, todo a Igreja  foi consagrada. Houve uma grande e geral participação: o Clero, Bispos de cidades vizinhas e a corte dos Duques.

Edwiges foi muito bem educada e por isso adquiriu o gosto pelos livros. Com isto houve uma certa elevação do nível intelectual da corte. Além disso Edwiges facilitou que as irmãs do convento de Trzebnica trouxessem livros e os difundissem entre os que sabiam ler.

Edwiges ajudou a fundar também o hospital do Espírito Santo, em Wroclaw, primeiro centro de atendimento aos enfermos daquelas regiões. Há um documento de doação do terreno assinado por Henrique, esposo de Edwiges, com data do ano de 1214. Felizmente nossa Santa encontrou colaboradores para o trabalho de assistência dos enfermos: os frades agostinianos do mosteiro de Nossa Senhora, em Wroclaw.

Também a pedido de Edwiges o Duque Henrique instituiu, em 1217, o convento e a Igreja de São Bartolomeu em Nowogrod Bobrzanski.

A fundação que mereceu especial dedicação da duquesa Edwiges foi o Hospital para mulheres leprosas (portadoras de Hanseníase) em Sroda. Diz-se que ela dava assistência especial às leprosas. Este hospital foi fundado em 1230.

 

Compartilhe e evangelize:

QR Code Business Card
Blowjob