Liturgia diária
Evangelho: Nossa Senhora de Guadalupe . Festa
Santo: Nossa Senhora de Guadalupe – Padroeira de toda a América

Para refletir: “É necessário estar vigilante a toda a hora, a todo instante!”
Jornal
Galeria de Fotos
  • Uma foto no Flickr
  • Uma foto no Flickr
  • Uma foto no Flickr
  • Uma foto no Flickr
  • Uma foto no Flickr
  • Uma foto no Flickr
Palavra do reitor › 07/05/2014

Ave Maria!

Querido Paroquiano, Devoto, Romeiro e demais Leitores do Jornal Santa Edwiges!

221Quis Deus se servir de homens e mulheres para trazer à Humanidade o seu Filho Jesus Cristo, e neste mês, maio, celebramos como tema geral Nossa Senhora, que é a Mãe de Jesus, Maria, uma humilde mulher que por sua dignidade é a escolhida, a predileta, aquela que recebe a graça de em seu ventre viver com o Salvador, dar à luz e dele cuidar.

A expressão “Ave Maria”, tem como a base mais sólida de presença a oração originária da saudação do Anjo Gabriel no anúncio de que ela seria a Mãe do Salvador (Lc 1,28), expressão esta usada muitas vezes ao ser tomado pelo espanto ou pela alegria.

Ao pensar este texto para esta coluna, me fez logo tratar este tema, que certamente o espanto de Deus pairou sobre as virtudes desta mulher, e desta vem para nós o grande exemplo de vivência e fidelidade, tendo celebrado a Paixão, no relato ela Mãe, está de pé junto à cruz, o que nos traduz o quanto nós devemos nos esforçar dentro do que nos propomos ao ponto de não entender, mais estar junto com o Senhor para poder depois de vivido o Senhor nos trazer traduzido o grande mistério da salvação e redenção.

Ave será o nosso espanto quando nos colocamos diante da figura de Maria, a servidora de Isabel, quando já está grávida, anda para ajudar a sua prima que também está grávida e de idade avançada, onde esta de felicidade nos entrega com a sua felicidade os benditos dos quais invocamos na oração da Ave Maria.

Ave é também a alegria quando nos colocamos a olhar a beleza de Deus ao escolher os pobres, os simples, como estes conseguem entender e traduzir tão leve e suavemente a intenção de um Deus apaixonado, de um Deus presente, e neste se faz surpresa com a missão que vai exaurindo aos seus, experiência esta que se vive no esforçar para dar aos pobres o cuidado, como é terno e como é carinhoso o cuidado que estes devolvem de modo muito espontâneo ao se ter feito o que se deve a eles e o que a caridade nos faz apelo em nossa vida.

Que a Mulher Maria, a Mãe de Deus e Senhora Nossa seja para todos a fonte inspiradora de luz e de vida para que possamos sempre mais traduzir com as nossas vidas a esperança e a certeza de que Deus espera de nós a conversão.

Que Maria te inspire sempre mais a luz e a felicidade e você possa ser de Deus um ser que vale dele um Ave, de ter feito o bem, e não de susto por ter faltado.

Com estima, Maria os abençoe neste seu lindo mês.

Pe Paulo Siebeneichler

Pároco Reitor da Paróquia Santuário Santa Edwiges.

Compartilhe e evangelize: